O estrago que um dedo faz

Primeiro falei da chupeta. Depois, da importância do aleitamento materno para uma boa saúde bucal do bebê e, aproveitando a carona, de algumas desvantagens do uso da mamadeira. Chegou a vez do dedo. Se tem um hábito com um grande potencial pra causar sérios estragos na boca da criança é o tal do chupar dedo. No começo, a gente até acha bonitinho. Mas acredite: os resultados não são NADA bonitinhos. E pra remover esse hábito depois? Diga-me você!
 
dedao-pe
 
 
A vontade de chupar dedo, muitas vezes, vem daquela necessidade de sucção sobre a qual falei nos posts anteriores. Resumindo: a criança sente necessidade de sugar não só pra obter alimento, mas também pra excercitar todas as estruturas que envolvem a boca. Lugar ideal pra isso? O peito da mamãe. Mas, muitas vezes, o desmame acaba sendo precoce e entram em cena os coadjuvantes: chupeta e mamadeira. Mas tem criança que é tão danadinha que ainda acaba descobrindo o dedo!
 
É claro que os efeitos deletérios vão depender muito da famosa tríade frequência, intensidade e duração do hábito. Mas acredite: eles existem e são bastante nocivos.
 
Quero muito que você entenda porque o hábito de chupar o dedo pode ser tão prejudicial. Tem pai e mãe que não se preocupa muito com isso. Então, proponho uma “brincadeira”. Topa?
 
Ponha o dedo na boca. O da mão, não vai fazer igual a criaturinha aí da foto não! É sério! Não precisa ter vergonha. Qualquer coisa, feche a porta pra ninguém te ver! Pôs? De preferência o polegar (o dedão), que é o preferido. E não chupe ainda! Contenha-se!
 
O dedo está na boca? Ok. Agora tente sentir e visualizar o interior da boca. Se preferir, olhe no espelho. O que está acontecendo? Logo “de cara”, a gente percebe que TODOS OS DENTES deixaram de encostar nos antagonistas, ou seja, os de cima e os de baixo não se tocam. E mais: a língua foi lá pra baixo e é bem provável que seu dedo esteja tocando o céu da boca. Viu como o simples repouso do dedo dentro da boca já é o suficiente para criar um total desequilíbrio? Daqui a pouco eu explico o que acontece. E olha que eu nem falei que os dentes da frente, tanto em cima quanto em baixo, estão sendo pressionados!
 
Agora chupe o dedo. É, pode chupar! Se quiser, pode até por força pra poder perceber melhor o que acontece. Percebeu a pressão que se forma dentro da boca? Como a língua empurra o dedo contra o palato! E isso acaba forçando os dentes da frente também, não é mesmo? E aposto que tem gente que, além de estar com o dedão na boca, ainda está com o indicador apoiado no nariz. É ou não é? E a força dos músculos? Olhe pra sua bochecha e veja como ela trabalha!
 
O que acontece na boca da criança?
 
Os dentes só estão em equilíbrio porque estão em constante contato uns com os outros. Se os de cima não encostam nos de baixo, a tendência é eles continuarem a erupcionar até que o contato ocorra. A isso, damos o nome de extrusão. Pois bem. Imagine o dedo na boca. Como os dentes estão desencostados, eles começam a extruir até se encontrarem novamente. Como os da frente estão apoiados pelo dedo, só os de trás extruem. Agora imagine os dentes nessa “nova” posição. Ao fechar a boca, os dentes de trás se encostam… mas os da frente não! Eis que está instalada a mordida aberta! Associada a essa mordida aberta a língua, que estava constantemente em uma posição errada, acaba se “acostumando” a ela. Resultado: Ela invade o espaço que se abriu entre os dentes anteriores (interposição lingual), originando problemas na fala e na deglutição.

 
mordida-aberta-e-cruzada
Combinação de mordida aberta anterior e mordida cruzada posterior
(lado direito do paciente = lado esquerdo da foto)
Fonte: Blog Ortopedia Funcional dos Maxilares- Ajudando a boquinha a crescer
(Acervo pessoal do Dr. Otávio Sartori Dutra)
 

E o dedo no céu da boca? Com a pressão da língua, ele acabou moldando o palato da criança. Ele (o céu da boca) ficou fundo… Sem contar que, com a força da pressão de sucção, o dedo ajuda a inclinar os dentes anteriores: os de cima tendem a ir pra frente e, os de baixo, para trás. Ah, e tem a força muscular das bochechas! Ela acaba empurrando os dentes pra dentro, especialmente os superiores. Já ouviu falar em mordida cruzada posterior? Olha ela aí!
 
Está vendo só o tanto de problemas que o simples ato de chupar dedo pode causar? Ainda acha bonitinho? Pois é…
 
O que vale é que, o quanto antes esse hábito for removido, melhor. Em alguns casos, o problema pode até se corrigir sozinho. Mas tem casos que não. Na mordida cruzada, por exemplo, será necessária a intervenção do odontopediatra. Sem contar que, nesses casos, não é só um profissional que acaba se envolvendo. Até a Fonoaudiologia entra na história!
 
E como remover? Eis a questão! Muitas vezes, o fator emocional também está envolvido. Ideias existem aos montes: passar esmalte nas unhas (das meninas, claro); fazer a criança dormir com manga comprida (comprida mesmo e amarrar a ponta); passar pimenta no dedo (maldade!). Já ouvi relatos de pai que queria engessar o dedo da criança pra ver se ela parava de chupar!! (por favor, não faça isso!). O que você sugere? Conta pra gente! Deixe sua experiência aí nos comentários! É sempre bom aprender!


chupando-dedo
 
 
Espero que tenha ficado claro o quanto pode ser prejudicial o hábito de chupar o dedo…
 
Ah, o post terminou! Já pode tirar o dedo da boca…
posted: bebê, O tio dentista explica, ortodontia preventiva

6 trackbacks

Aparelho Ortodôntico... eu quero! | Medo de Dentista
6 de outubro de 2011 às 12:03
Vale a pena ler de novo! #4 « Tio Dentista
29 de dezembro de 2011 às 8:52
O hábito de chupar dedo | Tio Dentista
6 de fevereiro de 2013 às 10:24
Saiba por que é preciso tratar a Mordida Aberta Anterior do seu filho o mais rápido possível | Portal OdontoNutrição
5 de setembro de 2013 às 15:14
Consequências do dedo na boca e da chupeta na infância
28 de outubro de 2013 às 16:08
Prevenção, Diagnóstico e Tratamento 24Renata Pinheiro | Renata Pinheiro
28 de janeiro de 2014 às 18:56

25 comments

  1. mmm mmmm mmm… PLOC! Esqueci de tirar o dedo da boca… desculpe. :D

    Bacana, Tio… super simples para os pais entenderem o quão prejudicial é o hábito da sucção digital. Parabéns! :)

  2. tio, uma amiga está vivendo este problema com a filha de oito anos: não teve terapia, homeopatia, dentista, ameaça, conversa, esparadrapo, tortura que fizesse com que a menina largasse o dedo! durante as CNTP (condições normais de temperatura e pressão) ela se controla, mas basta um aborrecimento e o polegar se encontra com o palato em segundos…
    #tensa

  3. Cara, muito bom… Fiz o teste e fiquei chocada com as forças. Se eu precisava de uma prova, aqui esta'a ela. Parabéns

  4. Mais um post excelente!
    Tudo muito bem explicadinho…
    Adorei!
    bj

  5. Excelente post :)

  6. Eu de novo…

    Pois é, apesar de minha sobrinha chupar dedo há 13 anos (qse 14) não aconteceu nada disso (graças à Deus), ela foi várias vezes examinada, o dentista ficou impressionado pq a dentição dela é mais q perfeita, mas sei q foi pura (e somente) sorte mesmo.

    Já meu sobrinho, já está dentuço mesmo sem chupar dedo, mas chupa chupeta, estamos tentanto tirar, vou enviar o email q vc me passou com as dicas para a mãe dele.
    Obrigada.

  7. Tenho 21 anos e tenho esse problema ja fiquei um mês sem chupar dedo mais é só eu ficar triste, nervosa e carente que acabo chupando o dedo… Quero corrigir meus dentes com aparelho ortodontico mais não consigo me libertar desse ato.

  8. Tio, no caso então qual é menos nocivo? A chupeta ou o dedo?
    Pq dificilmente uma mãe (não sou ainda, mas lembro-me da minha mãe com a minha irmã) consegue abolir ambos de uma vez só…
    No caso, como minha mae não trabalhava, ela toda vez que viz minha irmã chupando o dedo colocava a chupeta no lugar, minha irmã nem chegou a criar o vício, embora tenha tentado até os dedos dos pés!!!rsrsrs
    O que vc recomendaria para uma mãe que padece com esse problema do dedo na boca?! Que tipo de conselho vc daria?!?

  9. AIME:
    A chupeta é menos nociva do que o dedo, porque é mais fácil de ser abandonada. com o dedo é mais difícil. A gente não vai cortá-lo fora, né?
    Conselho para as mamães? Paciência e muito carinho para lidar com a questão. Ir conversando com a criança, explicando a necessidade de abandonar o hábito. Se necessário, a ajuda de uma terapeuta pode ser bem vinda!

    Obrigado pela visita e seja sempre bem vinda!

  10. alguem pode ajudar minha filha de 3 anos a parar de chupar dedo a boca dela ja esta igual a da foto ai em cima agradeço desde ja pq ja tentei td e nadaaaa de ela larga essa dedaooo obrigada

  11. minha filha tem dez anos e não sei mais o que fazer para ela parar de chupar dedo, se alguem tiver uma solução envia pra mim por fazer.

  12. minha filha tem dez anos e chupa dedo se alguem tiver uma solução envia pra mim por favor.

  13. como fazer para uma menina de dez anos parar de chupar dedo?

  14. Minha filha está com 3 anos e desde quando tinha 4 meses já chupava dedo!Comprei várias chupetas, mas logo aprendeu a retirá-las e logo colocava o dedo na boca! Fiz de tudo: coloquei luva,band-aid,pintei a unha,enfim,tudo fracassou!!Foi amamentada até 1 ano e 3 meses!Hoje em dia a estratégia que está dando certo é de orientá-la a não chupar o dedo em público…Explico que é feio, que ninguém chupa dedo na rua,etc..então ela chupa prá dormir, quando assiste TV sozinha ou quando muito cansada ou doente!Na escola nao chupa o dedo, porque já tem vergonha dos amiguinhos!Tem que ter muita paciência mesmo, pois não é fácil!Mesmo assim a pressão na arcada é tanta que já está com mordida aberta e os dentes superiores projetados á frente! Já ouvi casos em que o dentista,quando ela tiver 5-6 anos coloca um aparelho de resina recobrindo o palato e fixa nos dentes superiores por 1 a 2 meses!Parece que funciona!Bom, vou esperar até que fique mais velha,pois não dá prá espancar,não é mesmo?

  15. ajudou muito amei tenho dez anos e chupe qualquer dedo obrigado !!!!!! xauuuuu

  16. Oi Tio dentista, meu filho tem 9 anos (quase 10) e chupa dedo desde mais ou menos, 7 anos, notei que ele começou a chupar o dedo quando tirei a força a chupeta, logo depois também de ter feito uma cirurgia para retirar adenóide.Levei ele á uma odontopediatra, na época, que logo me indicou um ortodontista, era caso de aparelho mesmo. Fiz tudo que me indicaram, mas não adiantou nada, fez cirurgia para retirar “freio”, usou aparelho móvel para abrir a gengiva, pois o céu da boca dele ja estava muito fundo, usou também um aparelho fixo no céu da boca e nada adiantou, hoje, as vezes, usa o ultimo aparelho que o dentista recomendou com varias ondas na parte da frente da boca na parte superior mas na hora de chupar o dedo ele tira o aparelho. Estou mesmo sem saber o que fazer , o você tem a solução para o meu problema?

    • Mamãe Juliana, como vai?

      De fato, os aparelhos são indicados como uma TENTATIVA de remover o hábito da criança. Não podemos garantir que somente o uso deles vai garantir o sucesso do tratamento. De qualquer forma, sempre indico aparelhos que não dependem da colaboração da criança, isto é, que não podem ser removidos. De qualquer forma, a odontopediatra ou o ortodontista estão plenamente capacitados para definir qual tipo de aparelho será melhor.

      Entretanto, temos que considerar que um fator psico-emocional está influenciando bastante. A remoção da chupeta de forma abrupta, especialmente após uma cirurgia, pode ter feito com que seu filho se sinta inseguro a ponto de substituir o hábito da chupeta pelo dedo. Isso acontece frequentemente. Sugiro que, além do tratamento odontológico, procure um profissional que possa fazer um acompanhamento de alguma intercorrência de fundo emocional. Com certeza, irá ajudar bastante o seu filho a superar esta fase.

      Espero que tenha sucesso! Um grande abraço!

  17. Eu nasci prematura e saí da incubadora chupando dedo. Tenho esse péssimo hábito há 25 anos e sei que o emocional influencia absurdamente. Como não fiz acompanhamento com dentista na infância só fui ter ciência dos estragos há 2 anos atras. Já havia tentado parar diversas vezes parar mas acontece que chupar dedo me acalma, me leva pra um cantinho seguro e só meu.. nem consigo me imaginar não o fazendo. Claro que eu preferia não ter esse hábito mas enfim… Gostaria de saber se algum plano de saúde cobre os procedimentos para consertar os estragos e quais seriam, no caso meu queixo e nariz ficaram fora do lugar. fora os demais itens citados acima.

    • Thainá, bom dia! Desculpe a demora em responder.

      O ideal é que você procure um Ortodontista, que é o especialista que vai poder fazer uma avaliação adequada, te orientar e te ajudar com o tratamento. Buscar apoio profissional para fortalecer seu lado psicológico também é uma opção muito válida pois, como você mesma descreveu, o fator emocional está influenciando bastante.
      Dependendo do tipo de tratamento, pode ser que alguns planos de saúde cubram parte do valor.

      Boa sorte e obrigado pela visita! Seja sempre bem vinda!

  18. Ola, adorei a materia mas e se colocar aparelho e continuar chupando dedo, o aparelho funciona, ou pode causar mais problemas? Obrigada

    • Olá, Shirley, tudo bem?

      De fato, o aparelho é uma tentativa de remover o hábito de chupar o dedo. Se esse hábito continua, mesmo na presença do aparelho, pode ser que a criança acabe fazendo com que o aparelho a machuque, causando ainda mais transtornos.
      Procure o odontopediatra para esclarecer todas as dúvidas!

      Obrigado pela visita e seja sempre bem vinda ao blog!

  19. Olá, minha filha tem 4 anos e 4 meses e chupa o dedo grande parte do dia, já conversei muito, já tentei negociar, já passei esmalte, já coloquei uma meia na mão durante a noite, mas nada teve efeito, ela continua com esse hábito e de maneira muito frequente. Resolvi leva-la ao odontopediatra e me falaram sobre o aparelho ortodontico, porém fiquei com uma dúvida, ela pode colocar esse aparelho com apenas 4 anos? Não pode ser prejudicial com essa idade? Quanto mais podemos esperar para colocar o aparelho?
    Obrigada!

    • Bom dia, mamãe Camila!

      De fato, é importante fazer com que sua pequena largue o hábito de chupar dedo o quanto antes para que possíveis alterações nos arcos dentários possam ser evitados.

      É verdade que existe um aparelho para estes casos sim. Mas é preciso deixar claro que trata-se de uma TENTATIVA de remoção do hábito. Ele funciona como um “lembrete” para que a criança não coloque o dedo na boca.

      Se a criança tem maturidade suficiente e aceita bem o aparelho, não vejo nenhum problema em colocá-lo em idade tão precoce. Entretanto, é necessário que a criança coopere.

      É importante que a criança se livre do hábito enquanto tiver os dentes de leite. A partir do início da troca dos dentes, as alterações provocadas pelo hábito não se corrigem naturalmente, e outras intervenções podem se fazer necessárias.

      Espero tê-la ajudado!
      Obrigado pela visita e seja sempre bem vinda!

Post a Comment

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*


Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>