Canal de dente de leite???

O post de hoje foi inspirado no desabafo de um colega de profissão e de blog, o Dr. Fabrício Mendes (@vidadedentista). Lá da grande Ilicínea, no interior de Minas, ele conta – com muito bom humor e irreverência -  os muitos “causos” que aparecem nessa nossa Vida de Dentista. Outro dia mesmo ele contou o caso da mãe de um paciente que, insatisfeita com o valor do tratamento, disparou:

“E dente de leite lá tem canal?”

Tem! E muita gente não sabe disso – e nem tem obrigação de saber! Cabe a nós explicar aos pais e mães esses detalhes que, se para o profissional parece banal, é algo totalmente desconhecido para quem nunca passou nem perto da faculdade de Odontologia.

 

Em termos de anatomia, dentes de leite e dentes permanentes são idênticos: Têm esmalte (que não tem nada a ver com a vaidade feminina) – que é o tecido mais externo da coroa do dente e o mais duro do corpo humano (isso mesmo!); a dentina, que fica logo abaixo o esmalte e é responsável pela cor do dente (!); e a polpa – o famoso “nervinho” do dente.

E o canal, onde fica?

O canal é a região no interior do dente onde fica a polpa radicular. Traduz? É o lugar dentro da raiz do dente onde fica o nervo (Ah, bom!)

dente

E por que tem que tratar o canal do dente de leite?

Muitos pais têm dificuldade de entender a necessidade de se tratar o canal (ou os canais) dos dentes de leite. Afinal, a criança vai perder esse dente mesmo! Então arranca logo que é melhor e acaba logo com isso! Não, não é bem assim.

Dente de leite tem sua importância, e isso já foi falado. O tratamento de canal tem, como principal objetivo, preservar o dente de leite para que ele possa cair e ser substituído sim, mas na época certa. Seja por causa de um traumatismo ou de cárie, muitas vezes é preciso tratar o canal do dentinho.

E se não tratar, o que acontece?

No caso de uma queda ou uma pancada, por exemplo, pode haver a necrose da polpa devido ao trauma. Ou seja, o nervinho do dente “morre”. Nesse caso, o dentinho pode começar a mudar de cor e ficar escuro. O tratamento de canal evita isso logo que a alteração de cor é diagnosticada.

Já quando uma cárie fica muito profunda e atinge a polpa, há um grande risco de haver infecção. Além do desconforto da dor, essa infecção pode comprometer o dente permanente que está se desenvolvendo logo ali, bem pertinho. Por isso o tratamento de canal é muito importante!

E se eu resolver arrancar o dente?

Então, você deve estar ciente de que esta não é a melhor conduta e que um tratamento ortodôntico preventivo será necessário para manter o espaço do dente que foi perdido.

Lembre-se sempre: CONFIE NO DENTISTA! Pode ter a certeza de que, tanto quanto você, ele está pensando naquilo que é melhor para a criança!

posted: canal do dente de leite, cárie, dente de leite, O tio dentista explica, odontopediatra

2 trackbacks

Meu dente demora pra nascer? | Medo de Dentista
13 de março de 2012 às 8:32
CQDM #03: O Tratamento de Canal | Medo de Dentista
1 de maio de 2013 às 11:22

6 comments

  1. Trate o canal, ou depois não reclame se o seu filho tiver que fazer um tratamento ortodôntico mais prolongado depois! Já dizia a vovózinha "prevenir é melhor…"

    Abraços Dr! Parabéns

  2. Valeu Tio =D

  3. Importantíssimo isso… os pais TÊM que saber pra que é que servem os dentes de leite! Não é só pra "bonito" não… eles têm papel crucial na manutenção de uma dentição permanente bonita e saudável. São os dentinhos de leite que, digamos, "guardam os lugares" dos permanentes e avisam pra eles: "É por aqui, pode vir!". Se o decíduo não estiver lá porque o papai ou a mamãe resolveu arrancar antes da hora, o permanente, coitado, perdeu o lugar na fila! :) Vamos cuidar pra que os baixinhos não precisem chegar ao ponto de tratar um canal, mas se for necessário… apareça no consultório do tio! :)

  4. Lembrando que nem toda alteração de cor do dente de leite que traumatizou é indicação de necessidade de tratar canal!

    Parabéns Tio! Gostei do post! Muito oportuno mesmo.
    Dá uma tristeza quando ouvimos falar para tirar um molarzinho numa criança de 5 anos, né? Mas este é nosso dia a dia: conscientização, conversa, orientação!

  5. ORTOCIAKOGA:
    Sabedoria de vovó é inquestionável, né não?

    DR. FABRÍCIO:
    Sucesso sempre!

    ANA TOKUS:
    Meu sonho é que todos os pais tivessem essa consciência, Ana!

    BETHANIA:
    Insistir, sempre! Desistir, jamais!

  6. O que fazer quando uma criança de de 6 anos que tem o dente de leite com canal desde os 3 anos e no tempo do permanente chegar ele amolecer, eu extrair e ficar uma massiha branca do canal feito? É normal? Essa massinha vai prejudicar o outro dente que vai nascer? Tenho que ir ao dentista retirar essa massinha? Estou aflita… me ajudem…

Post a Comment

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*


Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>